Como cuidar da alimentação de bebês vegetarianos

Veja algumas dicas de alimentos e pratos para preparar uma alimentação equilibrada e com todos os nutrientes que seu filho precisa, respeitando os animais e a vida.

Quando meu bebê estava próximo de mudar do aleitamento exclusivo para as papinhas, comecei a pesquisar sobre como seria a alimentação dele. Eu e o pai dele somos vegetarianos há vários anos e consequentemente nosso filho seria criado também dessa maneira, respeitando os animais. Mas sempre ficava aquela pergunta: “Como vou fazer uma alimentação bem saudável para o bebê com todos os nutrientes e calorias necessárias?”

Bom, meu filho resolveu que só queria colocar algo na boca que não fosse leite da mamãe lá pelo 8º mês de vida. Começou com o básico: suco de cenoura, laranja lima, beterraba. Entraram as frutas: banana, maçã, mamão, abacate – as menos ácidas primeiro. A papa salgada começou algumas semanas depois: eu fazia sopa com batatinha, cenoura, abobrinha e chuchu – tudo sem sal no começo. Depois entraram os cereais como o arroz e a aveia.

Sempre tentei dar tudo o mais orgânico possível, especialmente a batata inglesa que é uma mina de veneno. O arroz usava o cateto integral, é mais saboroso e nutritivo. Colocava um pedaço de alga kumbu junto da sopa, ela é muito nutritiva e dá um gostinho muito bom, só é preciso lavar bem e deixar de molho por 1 hora antes de usar. Os grãos entraram mais tarde, lá pelo primeiro aniversário.

Foi nessa época do primeiro ano de vida que resolvi consultar uma nutricionista simpatizante do vegetarianismo. Ela nos instruiu a dar bastante castanha para o pequeno, assim como cereais, grãos, legumes e frutas sortidas, de preferência orgânicas. O segredo era fazer uma alimentação variada e dando preferência aos integrais.

Agora, meu filho está com 3 anos, crescendo muito saudável, feliz, inteligente, brincalhão, é o mais alto da turminha dele e é um menino muito gentil, atencioso, adora os animais e gosta muito de cuidar dos amiguinhos. Claro que sempre acompanhamos o desenvolvimento dele com pediatra e um pediatra homeopata. Damos as vitaminas e minerais prescritos e cuidamos para ter uma boa rotina com ele.

Qualquer alimentação infantil requer atenção e cuidado, principalmente para não cair no macarrão nosso de cada dia. Quando começamos a cuidar da dieta dos pequenos também percebemos mais a nossa própria dieta. No nosso caso, toda a família começou a comer de maneira mais saudável.

Num próximo post falarei sobre como usar menos glúten na comida. Até a próxima!

Rossana Ceres é chef de cozinha especialista em culinária vegana e mãe de um lindo menino de quase 3 anos.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags

cultivando sabedoria

O que você procura?
Nossos visitantes
Facebook           Contato

sitesementedobem@gmail.com

Curitiba - PR - Brasil